Sub

_Alguns dados sobre os jornais locais_

Jornais no Arquivo Municipal

Um exemplo de doação foi o de Jorge Figueiredo, neto do proprietário da Tipografia de Albergaria, de quem herdou uma colecção de 801 jornais da região do Vouga datados entre 1888 e 1945.



Este espólio encontra-se agora disponível para consulta do público em geral no Arquivo Municipal, que dispõe de um moderno equipamento de procura de documentação desenvolvido no âmbito do programa Sal-On Line.



Trata-se da digitalização dos documentos para uma melhor visualização e fácil utilização. A Câmara assegura que é um método simples de consulta, acessível a todos.



-- aquando da inauguração do Arquivo Municipal (AMA)



Jorge Manuel Arede Figueiredo, professor, doou diversos jornais locais antigos, muitos deles com mais de 100 anos (...)



-- no segundo Aniversário do AMA



Nota: José Figueiredo - Proprietário da Tipografia Vouga (mais tarde Tipografia de Albergaria) foi o grande responsável pela manutenção da imprensa periódica de Albergaria-a-Velha.


No dia do 6º aniversário, foram assinados protocolos com os seguintes munícipes/ entidades: Duarte de Jesus Machado (doação de um fascículo do Jornal de Albergaria); António José Marques Moreira Vinhas (cedência de direitos de uso de imagem de 29 fotografias e 7 postais antigos); Junta de Freguesia de Angeja (doação de 303 fascículos do jornal O Século); José António Valente Ferreira (depósito a 5 anos de 98 fascículos da revista Ilustração Portugueza); Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Albergaria-a-Velha (depósito de 84 fascículos do Jornal de Albergaria); Mário Jorge de Lemos Pinto (doação de dois fascículos do jornal Gazeta de Albergaria); Jorge Manuel Lemos Silva (doação de 5 fotografias do Castelo e Palacete da Boa Vista e uma fotografia da Igreja Matriz de Albergaria-a-Velha); Clube de Albergaria (depósito a 30 anos de 113 fascículos do jornal Beira Vouga); e Correio de Albergaria (doação de 40 fascículos do jornal Correio de Albergaria).


-- no sexto Aniversário do AMA


O Arquivo Municipal de Albergaria-a-Velha vai receber um conjunto de coleções de projetos, jornais, alguns já extintos, e partituras doadas por munícipes ou instituições do Concelho. Os protocolos de algumas doações foram assinados durante uma cerimónia que assinalou o sétimo aniversário daquele equipamento municipal.


(...)


Hélder Bastos Rodrigues da Silva doou uma coleção de jornais Beira Vouga, datados de 1962 a 1978, abrangendo o período revolucionário. Delfim Bismarck referiu que muitos destes exemplares são bastante raros e que esta doação preenche as falhas que ainda existem na coleção deste título Albergariense e Severense.


Por seu turno, Fausto Vidal, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Albergaria-a-Velha, doou, em nome da instituição, uma coleção completa do Jornal de Albergaria, do período que vai de 1924 a 1968. "Vamos preencher algumas lacunas com esta coleção, que é muito rara".


Alguns jornais chegavam a ter só uma ou duas páginas e na maior parte das coleções conhecidas faltam essas edições. É para nós um motivo de grande orgulho ter as coleções das publicações de Albergaria-a-Velha quase todas completas”, referiu o Vice-Presidente da Câmara.


Foi igualmente doado o arquivo do jornal Arauto de Osseloa, por Rui Tavares. Trata-se de um título produzido nas décadas de 1970 e 1980, dirigido e editado por Vasco Mourisca, um jurista conhecido em Albergaria pela sua excentricidade e pelo seu interesse pelo Espiritismo.


-- no sétimo aniversário do AMA

Sem comentários: